Feito com Padlet

Pode pesquisar a obra completa gravada de Luís Cília, 

quer por  TÍTULO DA CANÇÃO 

quer por  AUTOR DO POEMA

 para tal clique na sua opção.

 

A sua opinião conta para nós,

dê-a aqui, por favor (clique aqui)

"Luís Cília foi o primeiro cantor de intervenção que no exílio denunciou a guerra colonial e a falta de liberdade em Portugal. Gravando ininterruptamente a partir de 1964, realizou uma atividade musical, tanto discográfica como no que concerne à realização de recitais, tendo-se profissionalizado em 1967. Mas para além disso, Luís Cília, durante vários anos dedica-se ao estudo de harmonia e composição, o que é algo invulgar no universo dos cantores de intervenção. Esta formação musical fez de Luís Cília um dos mais respeitados compositores da atualidade, procurado pelas mais importantes instituições, nomeadamente desde que, nos anos 80, optou pela composição pura, o que aconteceu também, devido às muitas solicitações."

Eduardo Raposo, in Canto de Intervenção 1960-1974, Lisboa,2000, p. 74


“… Mas destacando nomes, talvez chame aqui o de Luís Cília, que foi dos músicos que mais gravou no período abordado no livro (e mesmo no panorama geral da música portuguesa dos úl
timos 50 anos), e tem quase toda a sua obra indisponível! Importa (re)descobrir a sua obra! Como nota pessoal, refiro que em 1999 ouvi num arquivo público em Estocolmo o seu último LP de antes de Abril, “Contra a Ideia da Violência, a Violência da Ideia” (um disco belíssimo), e dei comigo a pensar: “em Portugal, não há nenhum organismo onde pudesse estar a fazer isto”... Em 2002, comprei o LP em Bruxelas, mas quinze anos depois continua a não haver um arquivo de som em Portugal, onde a memória sonora do país seja preservada.”

João Carlos Callixto, entrevista a"Portugal Rebelde",

aquando da edição do seu livro "Canta, Amigo Canta - Nova canção Portuguesa (1960-1974)", 2014

luis cilia...um percurso                   mais de 50 anos de música

 
Canal nº 723568 – LeoMOV no MEO Kanal
 
 
 

e ainda porque é abril, as nossas propostas de audição de canções feitas e interpretadas,

de entre outras que iremos aqui sugerir a sua audição

 por Luís Cilia:

 de antes de abril "Canção final, canção de sempre", com poema de Manuel Alegre

aqui gravada num restaurante em França em 1966 e televisionada na TV francesa

e poe, depois de abril., "Resposta", poema de Manuel Correia

de 1975

 

 Share on Tumblr

porque é abril, as nossas propostas de audição:

a canção mais ouvida na voz de Luis Cilia, a sua versão da canção chilena

 "O povo unido jamais será vencido", com os próprios autores a acompanhá-lo, os Quilapayun,

e a sua mais conhecida canção, para a qual fez a letra e a música, mas que nunca a gravou

"Avante camarada"

interpretação: Luisa Basto

versão original de 1967

 
 Última atualização do site - 2018-abril-19 - 11.33 GMT - Páginas: a específica o disco "Portugal Resiste". Em baixo o disco recentemente "descoberto", uma vez que o próprio Luis o desconhecia, editado na Argentina. Esta é a 3ª edição conhecida do mesmo, sendo que esta e a edição italiana eram desconhecidas do autor.